Comendo bem em Orlando – Gilson’s Brazilian Restaurant

 

Êee como eu gosto de falar de comida né? rsss. Mas eu sempre falo que uma das partes mais legais da viagem é pesquisar restaurantes, e disso eu não abro mão, nem pra mim e nem para os meus clientes.

 

Um das maiores reclamações que eu leio por aí, ou escuto, é:  “ahh como eu comi mal em Orlando,  estou com saudade do Brasil, não me adaptei à comida, quero ir embora”, e eu me pergunto “onde essa pessoa anda comendo?”. Gente, até falei esses dias no Insta e Facebook, só come mal aqui em Orlando (ou qualquer cidade dos EUA) quem quer. É mais fácil você dizer que não pesquisou, que teve vergonha de entrar em algum restaurante por não falar inglês, que preferiu pedir o seguro hamburger com batata frita ou que teve uma preguicinha de montar lanchinhos e levar pros parques, sim, com produtos comprados no Walmart, Publix, Whole Foods e etc, mas que aqui só tem porcaria?? Ahh não, não aceito essa desculpa.

 

 

 

Quem me acompanha sabe que vira e mexe eu posto fotos de restaurante, de todos os tipos, para todos os bolsos, só que tem um que eu ando comendo toda semana rs, tipo sócia sabe? kkkkk. É um restaurante brasileiro, buffet, tem uma comida super top e para os que estão quase morrendo com as “comidas americanas” é um lugar para colocar no roteiro. Gilson’s Brazilian Restaurant, um restaurante brasileiro difereciado em Orlando. É do mesmo dono do Vittorio’s, só que mais requintado eu diria, com uma comida espetacular e com uma picanha, sim, PICANHA, maravilhosa. Quem é meu cliente com certeza já deu um pulo lá, pois tenho indicado, principalmente depois de umas comprinhas ali no Premium Outlet da Vineland, já que ele fica ao lado.

 

Eles servem todos os tipos de comida brasileira, da mais básica à mais top. Tem buffet de saladas, doces (pudim, mousse….) e frutinhas para os mais light como eu.

O valor é super amigo, já que você come à vontade e com a picanha inclusa. U$ 20.95 almoço e U$ 24.95 jantar (sem a bebida). Bom hein?

 

Segue as fotos do local, que, além do salão principal, tem uma área mega bacana que pode ser reservada para eventos, toda climatizada, com telão e etc.. Tipo, pra fazer aquele encontro com os amigos, a festa da firma, tomar umas caipirinhas, comer uma carninha e ser feliz.. e depois nunca mais reclamar que come mal em Orlando né? Rs, e é bem capaz de encontrar alguma celeb por lá, já que o restaurante é tão bom, que elas adoram. Ah, e ainda tem jantares de final de ano, no Natal e Reveillon.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esse é o dono, Gilson, muito simpático e sempre preocupado em saber como as pessoas estão (isso eu reparo e acho que faz toda a diferença em um restaurante). Foi super solicito e nos deixou andar bastante no restaurante dele e tirar todas essas fotos 🙂

 

 

 

Endereço para GPS:  8191 Vineland Ave, Orlando, FL 32821

Site oficial: http://gilsonsrestaurant.com/pt

Horário de funcionamento:  Todos os dias das 11:30am à meia noite

 

 

Orlando Eye e novas atrações da I-Drive

 

Orlando não para, e a verdade é que cada dia que passa mais a mais turistas invadem a cidade, principalmente canadenses e brasileiros. Isso prova que a cidade ainda é um dos destinos mais escolhidos para quem busca diversão.

 

Novidades é o que não faltam e agora teremos um novo complexo. Já foi chamado de I-Walk, I-Drive Live e agora Orlando Eye.

Apesar de muitos falarem que a inauguração seria no final de dezembro de 2014, as informações na TV e jornais é que o prazo limite para todas as principais atrações ficarem prontas é de até a primavera de 2015 (entre março e junho), sendo que já há algumas lojas e restaurantes abertos e outros para serem inaugurados até o próximo verão.

 

 

 

Muitas atrações, incluindo  a mega roda gigante chamada The Eye, Madame Tussaud (museu de cera) e Sealife Aquarium, restaurantes como The Yard, LongHorn Steakhouse, Outback e etc, e lojas, irão com certeza bombar o espaço na International Drive.

 

 

 

Quem ainda não chegou a ver a construção, o novo complexo fica na International Drive, logo depois da Sand Lake, pertinho do Ripley’s e Fogo de Chão.

 

Sendo construida

 

Esse roda gigante, chamada de The Eye, será a estrutura mais alta da Florida Central, com uma altura de 130 metros. Dela, será possível ver atrações famosas de diversos parques, como montanha russa do SeaWorld e a esfera do Epcot.

 

A International Drive hoje abriga também novas atrações, como o já inaugurado Kings Bowl Orlando, um centro de boliche que fica bem perto do Ripleys, e o kart indoor chamado I-Drive Indoor Kart Racing, que fica próximo ao Sonic, sentido Premium Outlet da IDrive e que está sendo finalizado.

..

..

Agora vocês terão muitos mais atrações para incluir no roteiro.

Entendendo a gorjeta americana

 

 

.

Vira e mexe eu recebo e-mails e comments de pessoas perguntando sobre as famosas gorjetas. Sei que no Brasil alguns restaurantes cobram 10% que dizem ser opcional, mas mesmo assim, ninguém está acostumado a dar a tal gorjeta quando é servido por alguém, e eu nem falo somente de garçom não, mas taxista, faxineira, camareira, o rapaz que pega a sua mala, manobrista e por aí vai. No caso dos restaurantes, nem sempre a gorjeta vai para quem realmente deveria ir né?? Bem Brasil isso…

Aqui nos EUA isso é tão comum quanto dizer obrigado. Sim, porque a gorjeta nada mais é do que o reconhecimento do serviço prestado. Não é obrigatório, mas acredite, se você não der, ou eles acharão que te atenderam mal, ou que você é de fato mal educado rs.

 

Eu tenho que dizer que já me acostumei. Esse lance da gorjeta é bom, pois todos acabam te tratando muito bem, além do que já tratariam, pois o americano é muito educado e prestativo. Você pode até ouvir o contrário, mas não acredite. Obviamente que pode acontecer de você se deparar com alguém que não esteja no seu melhor dia, então se você achar que a pessoa não merece a gorjeta, não dê, ou dê um pouco menos. Por exemplo, se a pessoa que te atende é simpática, troca o refil da sua bebida sem você precisar ficar pedindo, sempre pergunta se estão precisando de algo, eu acho que super merece os 20%. Agora, se é um que mal olha pra sua cara, que você pede mais bebida e ele leva séculos para atender o seu pedido, e parece que está de mal humor, dê uns 10%, 15% ou nada, se realmente tiver sido bem ruim rs.

 

Quanto eu devo dar de gorjeta?

 

Isso vai depender do tipo de serviço:

  1. Quando for em restaurantes, de 15 a 20% da conta. Quando alguém me atende muito bem eu sempre dou os 20%.. e se tiver um trocado na carteira até um pouco a mais.. Os garçons aqui não ganham muito por hora, então esses “extras” complementam o salário.
  2. Se for taxi, eu indicaria a mesma porcentagem acima, dependendo do humor do motorista rs.
  3. Salão de beleza.. eu costumo dar uns 10%.
  4. O rapaz que pegou suas malas e retirou do carro ou levou até o carrinho: 1 ou 2 dólares (não precisa ser por mala, vale no total)
  5. Manobrista: 1 ou 2 dólares.
  6. Camareira: 2 a 3 dólar por dia – deixe o valor próximo a um bilhete ou ao lado da tv.

 

Como dou essa gorjeta?

Em restaurantes, se você for pagar com dinheiro, pode dar um quantia maior que a conta e dizer que não precisa de troco, ou dar a quantia certa e separar o valor para entregar na hora que a pessoa levar o recibo. Se for pagar com cartão de crédito, entregue o cartão para pagar o valor normal da conta. Após passar o cartão, o garçom (garçonete) te entregará junto com a nota do restaurante, uma via para você assinar, e nessa própria via há um espaço destinado a isso TIP. Basta colocar quanto você quer deixar de gorjeta e colocar o valor final – veja foto abaixo:

 

 

Espero ter ajudado.